ACICE

cropped-iconzito_Prancheta-1.png

I Jornadas da Segurança de Esposende com casa cheia

 A Associação Comercial e Industrial do Concelho de Esposende realizou, na passada sexta-feira, as I Jornadas da Segurança de Esposende, subordinadas ao tema, “Segurança sem Segredos”.

As Jornadas resultaram da Actividade Integradora Final, do curso EFA, nível secundário, de Técnico/a Segurança e Higiene no Trabalho e contaram com a participação de especialistas de diversas áreas de actuação de ordem e segurança.

Com casa cheia, José Faria, o Presidente da ACICE, na abertura dos trabalhos, destacou “como é importante actualmente a previsão de situações de insegurança nas empresas do concelho”, uma ideia  que veio a ser reforçada no decorrer das jornadas por Júlio Melo, da corporação de bombeiros de Esposende, que lamentou o facto de  “poucas empresas do concelho de Esposende entregarem os planos de segurança às corporações de bombeiros, o que poderia evitar males maiores em caso de acidentes”.

Do Painel de convidados, destaque para as palavras do Major Corticeiro Neves, do Estado Maior da Força Aérea, que sobre a avaliação de risco, defendeu a “ necessidade de programar, avaliar e então propor medidas para que haja segurança”, ao mesmo tempo que defendeu que a segurança deve ser uma exigência permanente para manter a ordem das populações.

Da parte do Comandante Territorial da Guarda Nacional Republicana de Aveiro, em representação desta força de segurança, defendeu como é importante “conhecer a área de actuação, a população, os meios disponíveis, porque só assim se pode planear com rigor e maior segurança”.

Todos estes testemunhos e outros foram ouvidos nas I Jornadas da segurança de Esposende, um evento organizado pelos alunos da Associação comercial de Esposende, que no último trimestre deste ano, concluem o curso EFA, nível secundário, de Técnico/a Segurança e Higiene no Trabalho.